Confira a Programação Acadêmica de 2021

Imagem destaque programação

A III Jornada de Estudos do Documentário acontecerá entre os dias 22 e 26 de novembro no formato online. Participe das sessões de filmes, debates e conferências!

A Jornada de Estudos do Documentário (JED) é um festival de documentários e encontro acadêmico, organizada por professores do Bacharelado em Cinema da UFPE, com apoio da Pós-Graduação em Comunicação e patrocínio do Funcultura-PE.

Neste ano, a Jornada celebra o centenário de nascimento do educador Paulo Freire, promovendo o tema “Cinema e Educação”.

Contamos com duas conferências, a de Amaranta César (UFRB-BA) e a de Cezar Migliorin (UFF-RJ), além da mostra Cinema-Educação.

A Mostra Competitiva de Curtas e Médias é formada por 57 filmes em oito sessões temáticas que poderão ser visualizadas no site durante os dias do evento. Cada sessão contará com um debate online entre realizadores, aberto ao público interessado.

A Jornada promove, ainda, 15 mesas temáticas formadas por pesquisadores do campo do documentário nacionais e internacionais. Os interessados em participar das mesas como ouvintes, devem ser inscrever, gratuitamente, como ouvintes no link.

Acompanhe a programação da JED no site e nas nossas redes (FB IG).

DOWNLOAD PDF DA PROGRAMAÇÃO

Mesas Temáticas

Cinema, documentário e questões pedagógicas

120min

22 de novembro - 09H30

Mediação: Amanda Mansur (UFPE)

Dagmar de Mello e Silva e Quézia Maria Lopes Gomes da Silva (UFF) – COMO UM FILME PODE PRODUZIR DIFERENÇA EM OUTRAS VIDAS? FRAGMENTOS DE UMA PESQUISA ENTRE CINEMA DOCUMENTÁRIO E EDUCAÇÃO?

Rafael Romão Silva (UFF) – Cineastas 360º – Propor processos criativos para a criação de documentários imersivos

Betânia Maria Vilas Bôas Barreto / Rita Virginia Alves Santos Argollo / Julianna Nascimento Torezani (UESC) – Documentário, educação e transformação social pela Perspectiva Freiriana no Curso de Comunicação Social da UESC.

Mesas Temáticas

Cinema, documentário e questões pedagógicas

150min

22 de novembro - 14H30

Mediação: Fernando Weller (UFPE)

Manuela Penafria (Beira Interior – Portugal) – Fazer filmes na Universidade – o ensino do documentário nas disciplinas de Projeto

Álvaro Renan José de Brito Alves / Thiago dos Santos Antunes da Silva / Maria Thereza Didier de Moraes (UFPE) – Imaginários arriscados em Cinema-Educação

Paulo Mileo Júnior (UFRJ) – Escola do campo e pandemia: a utilização de vídeos na pedagogia da alternância em contextos pandêmicos

Mesas Temáticas

Escritas de si no documentário

150min

22 de novembro - 14H30

Mediação: Mariana Cunha (UFPE)

DANIELA DUMARESQ (UFC) – Memória e silêncio, anotações para pensar com “Fico te devendo uma carta sobre o Brasil”, de Carol Benjamin

Sandro Alves de França (UFPE) – IMAGENS HÁPTICAS: O ARQUIVO AUDIOVISUAL COMO ELEMENTO INSTAURADOR DE SENSIBILIDADES E SUBJETIVIDADES EM “NO INTENSO AGORA”, DE JOÃO MOREIRA SALLES

Rafael de Souza Barbosa (UFMG) – A fratura do “eu”: aproximações, atravessamentos e distanciamentos.

Debates

Sessão – Os caminhos que me trouxeram até aqui

60min

22 de novembro - 18H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Iansã: O que o vento nos trouxe;

– Mãe Tânia, Mestre Fabiano

–  Meia Lata D’água ou Lagarto Camuflado

– Tambor ou Bola

– Quintal Verde

Mediação: 

Thiago Antunes

Debates

Sessão – Costura de afetos

min

22 de novembro - 19H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Elos da Matriarca

– Aluá

– Aqueles que Estamos Esquecendo

– Coleção Preciosa

– VAI!

– Anhangabaú

– Suellen e a Diáspora Periférica

– Zélia

– Sem Registro

– Resgate de animais em água vermelha

Mediação – Maria Clara

Mesas Temáticas

Morte, luto e redenção no documentário

150min

23 de novembro - 09H30

Mediação: Cristina Teixeira (UFPE)

Márcio Henrique Melo de Andrade (UERJ/UFPE) – Funerais Imaginários, Lutos Intermináveis – A escrita (onírica) de si como a elaboração da morte em Heart of a dog

Bruno Alves Ferreira (UFPE) – A imagem nadificante da morte em Titicut Follies

Daniel Mendonça Ribeiro FAVARETTO e Jamer Guterres de MELLO (UAM) – Viva a vida: Herbert Daniel e o retrato humanizado da homossexualidade e do HIV nos anos 1980

Henrique Rodrigues Marques (Unicamp) – “A próxima vítima pode ser você”: Pânico moral e informação em documentários sobre a aids no Brasil.

Mesas Temáticas

Documentário, lutas anti coloniais e circuitos de exibição

150min

23 de novembro - 14H30

Mediação:Afonso Silva Jr. (Professor PPGCOM/UFPE)

Lívia Perez (USP) – Em busca do filme perdido: Les Antillais (1967) de Norma Bahia Pontes

Talita Iasmin Soares Aquino e Andriza Maria Teodolino de Andrade (UFMG) – Oralidade e memória: histórias de resistência e a força das mulheres no pensamento da Mestra Maria Luiza Marcelino

Teresa Noll Trindade (Unicamp) – Propostas para a circulação do documentário – Uma análise de iniciativas no Brasil e na França

Mesas Temáticas

Som e enunciação no documentário

150min

23 de novembro - 14H30

Mediação: Filipe Barros (UFPE)

Rafael Saar da Costa (UFF) – O repertório musical pós-golpe em “Nelson Cavaquinho”

Francisco Gabriel Rêgo/Morgana Gama de Lima

(UNIVASF/UFBA) – A VOZ NARRATIVA EM TERRA SEM PÃO: ENTRE O CONHECIMENTO E A ENCENAÇÃO

MARILIA XAVIER DE LIMA /Jamer Guterres (UAM) – Por uma dimensão afetiva no documentário: os encontros em A falta que me faz

Debates

Sessão – Bem-te-vi

60min

23 de novembro - 18H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Piu Piu

– Mormaço

– As Canções de amor de uma bixa velha

– Tenebrosas?

– Afeminados

– Bicha-bomba

– O Durião Proibido

– Tirou minha máscara me deixando apenas de máscara

Mediação – Joyce Camila Silva do Carmo

Conferência

Documentário como prática de liberdade – com Amaranta Cesar

90min

23 de novembro - 19H00

Reflexão sobre uma experiência de ensino-aprendizagem em cinema documental no Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, a partir da produção estudantil neste contexto formativo. Acumulados em mais de uma década de aulas de documentário, filmes e exercícios constituem um arquivo vivo de experiências pedagógicas, que podem oferecer pistas para a operação de uma abertura  nos currículos à vivência e ao fazer ativo das pessoas dentro da história. O documentário, através da produção estudantil analisada, apresenta-se como campo de experimentação do papel ético e político da subjetividade na história, conforme os termos de Paulo Freire.  Seguindo as pistas do mestre Freire, tomando como guia a lucidez da práxis, perguntamos: como podemos produzir um conhecimento comprometido com o que a gente vive?

Mesas Temáticas

Fricções, paisagens e temporalidades

150min

24 de novembro - 09H30

Mediação: Cid Vasconcelos (UFPE)

MARCELO GIL IKEDA (UFC) – Outras paisagens do interior no cinema pernambucano contemporâneo

Eduardo Chatagnier Borges Perez (USP) – O Narrador e a Movência em Misterioso Objeto ao Meio Dia de Apichatpong Weerasethakul

Gabriel de Godoy (UFPE) – Correspondências Fílmicas: a pátria é uma paisagem da alma. Colecionando viagens entre as correspondências galegas e narrando realismo com poesia para acalmar as saudades ao longo da história.

Paula Ádala dos Passos Pereira Gomes (UFPE) – Profissão Repórter e a criação de um dispositivo de representação no Jornalismo.

Mesas Temáticas

Documentário, propaganda, retórica

150min

24 de novembro - 14H30

Mediação: João Victor (doutorando PPGCOM/UFPE)

Laecio Ricardo (UFPE) – Cineastas no front, ou o tênue equilíbrio entre documentário e propaganda

Antônio Burity Serpa (UFF) A estética militante do documentário latino-americano: Estudo de caso dos filmes La hora de los hornos e ABC da greve.

MEIRE OLIVEIRA SILVA (UFMA) – A LINGUAGEM DA PERSUASÃO EM MEIO AO “MILAGRE BRASILEIRO” E À DITADURA CIVIL-MILITAR

Mesas Temáticas

Lutas e Coletivos

150min

24 de novembro - 14H30

Mediação: Sérgio Júnior (Doutorando UFPE)

Rafael de Amorim Albuquerque e Mello (UFMG) – De Caranguejo Tabaiares a Lacrimosa: encenações da juventude em momentos de disputa

NATÁLIA LOPES WANDERLEY (UFPE) – Só a ficção pode salvar a realidade – A experiência do coletivo Ficcionalizar entre a criação audiovisual e a transformação social

VINICIUS ANDRADE DE OLIVEIRA (UFMG) – A dimensão pedagógica dos filmes engajados em lutas urbanas

Debates

DEBATE COM REALIZADORES CINEMA-EDUCAÇÃO

60min

24 de novembro - 17H00

Conversa com realizadores da mostra, com mediação do curador Thiago Antunes

Debates

Sessão – A ficção do trabalho

60min

24 de novembro - 18H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Resistência Camponesa: PDS Osvaldo de Oliveira e a luta pela terra em Macaé

– Castanhal

– Gado Marcado

– Nave Mãe

– Nossas Mãos são Sagradas

– Quem saiu para entrega?

– Manifesto O Palco é a Rua – A Música nos Espaços Populares

– Pega-se Facção

Mediação – Álvaro Renan

Debates

Sessão – Ruínas dos presentes

60min

24 de novembro - 19H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Remanescente

– Eu gosto de coisa velha

– O Outro Lado do Mapa

– Águas Passadas

– Via Sacra da Rocinha: arte e resistência na favela

– Os Que Esperam

Mediação – Paulo Pontes

Mesas Temáticas

Documentário e questões indígenas

120min

25 de novembro - 09H30

Mediação: Alice Gouveia (UFPE) e Graci Guarani (cineasta indígena)

Cristiano Navarro Peres (UFS) – Terra dos Índios: uma visão indigenista na Ditadura Civil Militar

Bernardo Teodorico Costa Souza (Unila) – Antropologia, Cinema e Enunciação: Cinemas Indígenas contemporâneos

Fátima Luiza da Silva Santos / Uriel Nascimento Santos Pinho / Naira Évine Pereira Soares (UFF) – Entre o baianês e o inglês: propostas da tradução no documentário.

Mesas Temáticas

Educar com as imagens

120min

25 de novembro - 09H30

Mediação: Marcelo Costa (UFPE)

Rozinaldo Antonio Miani e Rafaela Gil Ribeiro (USP/UEL) – As problemáticas da questão educacional no cinema documentário de Carlos Pronzato 

Thiago Antunes e Catarina Andrade (UFPE) – Quando repensar a história com as imagens cinema é um ato educativo? 

Uriel Nascimento Santos Pinho / Jéssica Tainah da Silva Botelho / Allan Gomes Freitas (UFF/UFRJ) – Aprender e ensinar em documentários da Amazônia: construção e subversão do real em curtas-metragens

Mesas Temáticas

Documentário e questões de gênero

150min

25 de novembro - 14H30

Mediação: Fernanda Capibaribe (UFPE)

Antonio Carlos da Costa Nunes /Daniela Tiffany Prado de Carvalho /Fabiana Santos de Oliveira Carvalho / Mônica Aparecida Alves Silva/ Raquel Cristian / Wellington Eustáquio Ribeiro (UFMG e outras) – Violência no namoro: O documentário com estratégia educativa em uma política pública de prevenção às violências

Murilo Moraes Gaulês (USP) – Práticas de Cuirdadania na produção de documentários: Encruzilhadas éticas no registro de populações/territórios de extrema vulnerabilidade

Túlio Souza de Vasconcelos (Unicap) – Documentário Queer em Pernambuco

Mesas Temáticas

Problematizando a montagem

150min

25 de novembro - 14H30

Mediação: Marcos Buccini (UFPE)

Rafael Beck Andrade (UFS) – A CONSTRUÇÃO DE UM DISCURSO NA MONTAGEM DO FILME EDUCAÇÃO (2017)

Ines Bushatsky (USP) – A pedagogia brechtiana no cinema de Goran Olsson
César Geraldo Guimarães; Naara Fontinele dos Santos (UFMG) – Um reencontro com os camponeses de Maioria absoluta.

Debates

Sessão – De qualquer maneira, vou ficar na história

60min

25 de novembro - 19H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Ângelo

– A Busca do Eu e o Silêncio

– Como recuperar o fôlego gritando

– Revelação do Peixe

– Pedro Tenório de Lima e a enxada de um poeta iletrado

– Terra de Nazaré

Mediação – Marcia Rezende

Debates

Sessão – Janelas da Pandemia

60min

25 de novembro - 20H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Estamos te esperando em casa

– Janelas Daqui

– O Último Cinema de Rua

– Lembranças

– Mais um dia de festa

Mediação – Julyana Batista 

Conferência

Cinema, educação e clínica: territórios e desvios – com Cezar Migliorin

120min

26 de novembro - 10H00

A comunicação abordará os trabalhos realizados no laboratório Kumã – UFF e na Casa Jangada, espaço clínico no Rio de Janeiro, em que o cinema transita entre a educação e a clínica, esgarçando seus campos de ação. 

Mediação – Mariana Porto (doutoranda PPGCOM/UFPE)

Mesas Temáticas

Documentário, tensionamentos e processos criativos

150min

26 de novembro - 14H30

Mediação: Laécio Ricardo (UFPE)

Marcelo Pedroso Holanda de Jesus (UFPE) – Sabe o documentarista filmar?

Luiz Fernando Coutinho (UFMG) – Em defesa do documentário – mas qual documentário?

Camilo Soares, Alcione Ferreira e Paulo Sano (UFPE) – Muribeca e as paisagens refeitas num documentário

Mesas Temáticas

Documentário e práticas experimentais

150min

26 de novembro - 14H30

Mediação: Cristina Teixeira (UFPE)Bruno Saphira (documentarista, Professor no Centro Universitário UniJorge/Salvador)

Carolina Gonçalves Pinto (USP) – A imagem de arquivo e a narrativa fabuladora em Phantom Limb, de Jay Rosenblatt

Rakelly Calliari Schacht (USP) – Aprendizado acusmático no rádio documental: narrativa e ciência no feature Hienas

Marcella Ferrari Boscolo e Jamer Guterres de Mello (UAM) – Sob o risco da realidade virtual: uma análise do documentário Step to the Line

Debates

Sessão – O que insiste

60min

26 de novembro - 18H00

Debate com os realizadores dos filmes: 

– Amanhecendo cicatrizes

– Atordoado, Eu Permaneço Atento

– O Poeta de Cordel

– Evitável

– Seremos ouvidas

– Franco da Rocha: Origens e Destinos

Mediação – Fernando Weller

Debates

Longa: “Muribeca” de Camilo Soares e Alcione Ferreira

90min

26 de novembro - 19H00

Conversa sobre o filme exibido fora da competição, com mediação de  Laécio Ricardo.