Amanhecendo cicatrizes
MOSTRA COMPETITIVA

Amanhecendo cicatrizes

Cartaz do filme Amanhecendo cicatrizes

Amanhecendo cicatrizes

Nelson Brauwers, Juarez Braga Zamberlan, Ivânio Dalagno e Valdinei Vargas,
15', Três Passo/RS, 2020

Antônio Alberi Maffi continua jovem e idealista. É mais um sobrevivente. Resiste. Insiste. Não se entrega. As marcas causadas pela ditadura militar brasileira não se apagaram de sua memória. Pelo contrário, voltam ao presente através da democracia pelo que tanto ele lutou. Ainda sonha com o Brasil mais justo. Na poesia encontra conforto. Na vida, ainda espera justiça.

Direção: Nelson Brauwers, Juarez Braga Zamberlan, Ivânio Dalagno e Valdinei Vargas

Montagem: Jonatan Rubert

Direção de Fotografia: Nelson Brauwers e Valdinei Vargas

Som: Guilherme Cássio

Roteiro: João Luiz Martinez, Jonatan Rubert e Nelson Brauwers 

Som direto: Ivânio Dalagno e Sergio Pinto 

Trilha sonora original: Gustavo Foppa e Felipe Apolonio